20 de jun de 2010

Classe: Cyclostomata

(Imagem: Lampréia)
Os ciclóstomos foram seres abundantes nos mares em eras geológicas passadas, mais atualmente estão representados apenas pelos Petromyzontida (lampreias) e Myxini (feiticeiras). Os ciclóstomos possuem endoesqueleto cartilaginoso, boca circular e não possuem mandíbula, o que explica a denominação da classe.

Características dos principais representantes da classe:

-"Feiticeira": São animais de corpo alongado, liso e sem escamas e geralmente com 1m de comprimento, vivem principalmente nos oceanos e são exclusivamente marinhos. Tem como fonte de alimento os pequenos crustáceos e peixes moribundos. Junto a boca existem tentáculos e dentes córneos, que são usados para arrancar pedaços do corpo da presa. As feiticeiras são hermafroditas mas apenas um órgão é funcional e o processo de fecundação ainda é desconhecido. Possuem desenvolvimento direto, ou seja, não passam por estágio larval.

- "Lampreias": São ectoparasitas de peixes, baleias e golfinhos. Possuem
uma boca ampla com dentes córneos, que são utilizados para se fixarem na pelo de outros animais. Sua principal fonte de alimento é o fluído encontrado no corpo do hospedeiro. Podem medir até 1m e possuem sexos distintos. A fecundação é externa e os adultos morrem após liberarem os gametas. As lampreias sofrem um desenvolvimento larvar que pode durar anos e vão aumentando de tamanho e se desenvolvendo ao longo desse ciclo.

Fonte: Bio II (Sônia Lopes, editora moderna), www.infoescola.com, www.wikipedia.org.com, www.curlygirl.no.sapo/ciclostomos
(Escrito por: Dhuann Paiva, Felipe Rohen e Felipe Macedo, revisado pelo grupo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário